Nota Fiscal Eletrônica: sem o emissor gratuito do governo, o que fazer?

Emissor de NF-e e CT-e estão descontinuados. Dessa forma, é necessário que as empresas procurem soluções para emissão desses documentos, pois sem a emissão deles não haverá faturamento.

SUA EMPRESA PRECISA ESTAR PREPARADA

A Secretaria da Fazenda informa que a partir de janeiro de 2017 os aplicativos gratuitos para emissão da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) e do Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e) serão descontinuados. Os contribuintes que tentarem realizar o download dos emissores de NF-e e CT-e receberão a informação sobre a descontinuidade do uso dos aplicativos gratuitos. A partir de 1º de janeiro de 2017 não será mais possível fazer o download dos emissores. A partir dessa data não será mais possível fazer download do aplicativo.

E AGORA COMO FICA?

Sendo assim, o SEFAZ recomenda que os usuários busquem outras soluções disponíveis no mercado ou o desenvolvimento próprio.

Embora comece a valer a partir de 01/01/2017, procure a melhor solução de gestão e emissão de documentos fiscais para sua empresa agora. Dessa forma, para quem usa os emissores do governo, é melhor agir rápido, pois sem emissão de NF-e e CT-e não terá faturamento.

Atente que: com a limitação da internet, que a Vivo/Net e outras operadoras pretendem fazer, um sistema em nuvem pode não ser a melhor opção.

A nota, na integra, da SEFAZ-SP, pode ser acessada aqui.

funcionario-feliz-jovem-empreendedor-executivo-joia-sinal-positivo-computador-1447160262517_615x300

NÃO SE PREOCUPE. TEMOS A SOLUÇÃO!

O sistema Free NFe, é a melhor opção para a emissão de suas Notas Fiscais Eletrônicas. Coloque na sua empresa o que há de melhor no merc3026-5222ado para te ajudar a ficar dentro da lei fiscal.

Ligue agora mesmo para (44) 3354-8222.